PEDOFILIA E A RESPONSABILIDADE DOS PAIS

quinta-feira, 10 de setembro de 2009


De 2003 a 2005 trabalhei como assistente de aluno (vulgo inspetor) numa escola do Município. Nesses dois anos, vivenciei muitas coisas, e uma dessas coisas que mais me chamava à atenção, era o desleixo de alguns pais para com seus filhos.

Sempre em datas festivas, há ensaios de dança; numa dessas vezes, uma aluna de 11 anos me chegou um dia com Top e um bermuda “mine” que dava pra ver a polpa da bunda da mesma. Seu corpo já desenvolvido, principalmente a parte citada. Logicamente, mandei a garota voltar para casa e trocar de roupa, pois vestida daquela forma não entraria na escola. A guria assim me respondeu: “tio, a mamãe me deixa usar essas roupas”. Ela pode até deixar, mas desse jeito aqui você não entra! Respondi.

É lógico que essa meninada de hoje em dia está mais avançada nesse quesito, afinal, o sexo está na TV, no rádio, nas propagandas; não foi nem uma nem duas vezes que presenciei “amassos de mão naquilo e aquilo na mão” entre moleques que mal saíram da frauda, e quando casos (pois foram vários) em que as molecas apareciam na escola com roupas mine, nós do corpo da instituição sempre comentávamos coisa do tipo, “ta do jeito que o diabo e um louco pedófilo gosta”.

Segundo o oráculo Wikipédia, pedofilia é “é a perversão sexual na qual a atração sexual de um indivíduo adulto ou adolescente está dirigida primariamente para crianças pré-púberes (ou seja, antes da idade em que a criança entra na puberdade). A palavra pedofilia vem do grego παιδοφιλια onde παις (significa "criança") e φιλια ('amizade'; 'afinidade'; 'amor', 'afeição', 'atração'; 'atração ou afinidade patológica por'; 'tendência patológica' - segundo o Dicionário Aurélio)".

Não vou aqui falar exatamente sobre o ser pedófilo, porém, deixo linkado aqui texto do Átila City no Só Pensando, que fala sobre “autoridades” aliciando menores.

Foco aqui, uma questão que pra mim é primordial, que são os pais. Boa parte desses crimes é cometida em casa, por pais ou “tios” que passam a violentar sexualmente as crianças; neste caso específico, em que há muitas das vezes o consentimento da mãe das vítimas, qual a opinião de vocês? Para mim, as cidadãs são tão culpadas quanto os caras e devem ir para a cadeia mofá uns 30 anos pra deixar de ser omissa!

Outra questão é a culpa de pai e mãe quando a violência contra o menor é cometida “no fora de caso”. Hoje, grandes maiorias dos pais não se preocupam em saber onde estão seus filhos. Também, há a questão da permissividade no modo de agir (maquiagem, vestimentas e afins). Podem achar o que quiserem de mim, mas filha minha JAMAIS vestirá qualquer coisa minha mine antes dos 16 anos! A menina que citei como exemplo no começo do texto; da forma como ela vinha para a escola, era um verdadeiro convite a lunático pedófilo em qualquer esquina. No caso aqui em Roraima, em que foi descoberta um verdadeiro esquema de pedofilia envolvendo homens influentes, notou-se claramente que grandes maiorias dos pais que tiveram suas filhas envolvidas não sabiam com quem suas filhas andavam.

Pedofilia é um crime gravíssimo e o pedófilo é um maníaco que deve ser afastado imediatamente do convívio social, contudo, a culpa não é só dele! Até onde vai a responsabilidade dos responsáveis nestes casos?

Comments

12 Responses to “PEDOFILIA E A RESPONSABILIDADE DOS PAIS”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Silvana Alves disse...

concordo com vc!
os pais tem uma parcela de culpa não só no que se diz a pedofilia mas, na conduta da criança ao tornar-se um adulto.

10 de setembro de 2009 10:07

Daniel,

No caso de pedofilia cometida dentro de casa, concordo com você. É falta de atenção da mãe aos sinais que a criança sempre emite e ela é tão culpada quanto.

Ainda pior: existem casos em que a criança chega a contar à mãe e esta não apenas não acredita como a pune "por inventar mentiras".

Quanto à criança que sofre pedofilia fora de casa, concordo em termos.

Acho que tem que se tomar conta tanto quanto for possível. Criança não deve vestir-se de forma a expor o corpo. Os pais devem sempre saber onde estão e com quem estão os filhos. Isto é o básico do básico do básico.

Agora, é muito difícil controlar um pré-adolescente quanto aos seus relacionamentos e amizades. É possível saber apenas o que eles querem que você saiba.

Seria necessário estabelecer um relacionamento de muita amizade e intimidade com a criança para que esta contasse sobre tudo e todos.

E aí já entra toda um outra questão.

Então, acho que alguns pais tem sim, responsabilidade, mas que outros não tem e não se pode nunca generalizar neste caso.

(respondi seu coment na Itinerante. Gostaria que lesse.)

Beijos. :DD

10 de setembro de 2009 16:17
Vinícius Aguiar disse...

Isso é fato. Seu post é importante para lembrar que o que não é novidade para ninguém: salvo raras exceções, a educação familiar define, definitivamente, a personalidade de uma pessoa, e isso vem da infância, e da juventude. Parabéns pela reflexão!

10 de setembro de 2009 18:31

Daniel, ainda não li seu post, volto depois pra comentá-lo... por hora passo aqui pois tive uma ideia e talvez você tenha a resposta.
O "Só Pensando" tem algum banner pra ser linkado, ou figura que tenha uma imagem do blog?
É porque eu quero colocar em meu blog, como o blog de "coletivo" tem, mas não achei nada, ou não procurei direito.
Aguardo sua resposta e volto depois pra te ler como merece.
Abraçosss

10 de setembro de 2009 19:45

Esta onda de pedofilia é algo sinistro!! Vamos alertar sim e defender a criança de um mundo como este...

P.s Dani, ando meio sem tempo, nem falo mais contigo no msn e vc tb deve estar super ocupado... Mas eu e o Jairo queremos ativar o Blues na veia... Vamos passar a idéia por email... Bjo grande..

10 de setembro de 2009 19:48
Edgar Borges disse...

Acho que não tem a ver com roupa, apesar da pouca roupa atiçar instinto de vagabundo, mas sim com outros fatores sociais. Mas concordo plenamento em que os pais devem ser mais presentes o tempo todo, mesmo passando por chatos.
inté

11 de setembro de 2009 14:38
Sonia Pallone disse...

Boa tarde Daniel, estou de volta depois de uma experiência terrível de ver minha filha com a tal gripe suina, mas graças a Deus agora está tudo bem. Olha, concordo plenamente com vc com relação a responsabilidade dos pais. Meu filho trabalha no Conselho Tutelar e muitas vezes levou crianças para casa que mais pareciam mulheres adultas e as mães não estão nem aí pra isso. Poucas as que se incomodam e isso é um fato cada vez mais notório, com a desculpa da falta de tempo as mães estão negligenciando os filhos e eles estão cada vez mais vulneráveis a toda espécie de armadilhas e artimanhas. Lamentável. Beijos meu lindo

12 de setembro de 2009 11:48
Tamy.Roux disse...
Este comentário foi removido pelo autor. 12 de setembro de 2009 17:09
Tamy.Roux disse...

A criança tem o direito de ser criança, e os FDP dos pais devem preservar isso. O mundo é cruel e devemos cuidar de quem amamos, principalmente das crianças que não tem a culpa de existirem maniacos sexuais...

Adorei o post, muitos deveriam ler isso, principalmente os pais relaxados que ensinam as criancinhas a daçarem porcaria de "crew" e coisas insinuosas.

E acham bonito aff

Tenha um final de semana maravilhoso amigo.

12 de setembro de 2009 17:10
Mayara Borges disse...

Creio eu que no futuo não existirá crianças de verdade... O mundo tah cada vez mais perdido rs.

Voltei!

Beijooos ;*

13 de setembro de 2009 16:42
Jairo Souza disse...

Pois é Daniel, a criança não tem nenhuma idéia do tipo de exposição que está sofrendo, cabe aos pais alertá-las! Abçs!

13 de setembro de 2009 22:15
Anônimo disse...

Brokersring.com - Learn how to turn $500 into $5,000 in a month!

[url=http://www.brokersring.com/]Make Money Online[/url] - The Secret Reveled with Binary Option

Binary Options is the way to [url=http://www.brokersring.com/]make money[/url] securely online

19 de março de 2013 10:38