VOTO NULO

domingo, 10 de maio de 2009


E mais uma vez eu pergunto, o que é o “povo brasileiro”? Um povo “heróico do brado retumbante”? Tá mais fácil sermos um bando de babacas, influenciáveis e sem qualquer tipo de compromisso, não com o País, mas conosco.

Isso ficou bem evidenciado nesta semana que passou, quando mais um de nossos “amados políticos” afirmou está “se lixando para a opinião pública”. No plenário, tentou se justificar, mas como diz o velho deitado, “a emenda saiu pior que o soneto”.

Acredite, o mesmo tem razão! Quem é que elege esse bando de corruptos? Quem é que se vende por causa de Bolsa Miséria, R$ 100,00, telhas velhas ou madeira podre? O atual momento do brasileiro é um do mais horrível. De certo e efetivamente que gozamos da democracia. Durante muito tempo, acordos políticos e golpes nortearam a vida do Brasil.

Hoje, num tempo pseu-democrático grande parte das pessoas “estão nem aí para política”. Em épocas de O Arroto MYBLOG escrevi um texto em que afirmava que só um golpe para pôr o Brasil nos eixos. Tal iniciativa teria de ser dada por um civil, a fim de arrumar as coisas. Sei que parece ser utópico, mas só sendo assim.

As ditas “instituições” estão inoperantes! Judiciário lento, precisando de um novo gás e sendo presidido por um senhor que advoga para os poderosos. Legislativo e Executivo mergulhados em corrupção, inoperância administrativa, fazendo do erário público cada vez mais privado.

Todavia, em tempos de crise é que devemos fazer um esforço e enxergar “uma luz no fim do túnel”. O ano que vem é ano político, e as armações e conchavos já estão sendo feitos. A doença da presidenciável Dilma já está sendo usada para fins políticos. PSDB acessa para uma conciliação dos dois presidenciáveis. PMDB já está gritando, “quem paga mais”; e nós estamos no meio. A questão é, o que você vai fazer?

Após o escândalo do Mensalão (ainda lembra o que foi isso?), foi lançada uma campanha pelo voto nulo. Segundo as leis eleitorais, se numa eleição tiver 50% + 1 de votos nulos, o certame é cancelado.

Tal atitude é uma saída bastante interessante (pelo menos para mim!). Seria uma forma bem interessante de protesto e de rever as coisas. Imaginem a eleição presidencial ser cancelada por voto nulo. Seria uma forma bem interessante de mostrar a esses corruptos que não estamos satisfeitos, e queremos uma reforma ampla.

Já foi cogitada uma “mine-reforma”, introduzindo a voto em lista. Isso seria o maior golpe contra o resto de direitos que temos. Imagine a lista de candidatos do PMDB? Estariam em primeiros na lista a patotinha, corrupta e imoral. O voto em lista acaba com o resto de possibilidade de mudança no atual quadro político e perpetuaria uma linha de corruptos que acabaria com tudo.

Por isso, o Contestação pregará O VOTO NULO com a única e real alternativa de tentar mudar esse quadro de lama e imoralidade que se encontra essa pseudo-república. E você, vai aderir a essa idéia?

EXTRA:

E aí, você já votou no Contestação na eleição do Top Blog? Ainda não? O que tá faltando para votar? Não conhece o concurso do Top Blog? CLICK AQUI e saiba mais. Para votar, click no selo do TOP BLOG que se encontra na secção HONRARIAS. Vote hoje, amanhã, depois de amanhã... Enfim, vote todos os dias e faça esse blogueiro feliz. Desde já agradeço seu voto!

Achei uma pérola blogueira, O Euclides. Vai lá e leia-o, tenho certeza que irão gostar de seus escritos.

Comments

12 Responses to “VOTO NULO”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

neto disse...

Beleza Daniel!

Andei ocupado esses dias e estou me atualizando com seus posts. Gostei do que escreveu aí. É a mais pura verdade.

Para saber mais veja isto:
http://www.senado.gov.br/sf/senadores/verba/Asp/apresentacao.asp

Esta é a listinha dos deputados e senadores do congresso que torram nossos dinheiro com as verbas indenizatórias.

Nas próximas eleições é bom ficarmos de olho nesses ladrões do povo para darmos umbasta pra valer nessa gente.

Grande abraço.

ps. já votei no seu blog e adicionei o link aos favoritos para votar todo dia.

10 de maio de 2009 15:20

Daniel,

Entraria nesta campanha se achasse que traria algum resultado, mas não creio que traga.

Votamos nulo, ok. Anulam-se as eleições. E???

Se pensar bem, verá que não dá em nada. Só piora.

Também não sou a favor de golpes. Porta aberta para a ditadura.

O problema é que não temos um líder moral, alguém que encabeçe um movimento de limpeza e a quem pudessemos seguir e apoiar.

E assim, sem ter alguém, fica complicado. O jeito é continuar lutando por moralidade, divulgando, fazendo isto que você e tantos fazem: conscientizando.

Beijos

11 de maio de 2009 18:20
Bárbara Stracke disse...

na última eleição eu anulei todos, exceto verador, pq voto no PV.

QUase senti uma certa culpa, mas hoje, eu tenho orgulho de dizer que não fui eu quem ajudou escolher essa escória.

bjz e excelente campanha!!!

12 de maio de 2009 08:14
Pan Montenegro disse...

Engraçado como tem gente (conheço alguns) que diz que não perdeu o voto porque o candidato no qual votou ganhou as eleições. Consideraria não ter perdido meu voto, caso o candidato que ajudei a eleger estivesse de fato trabalhando em prol do povo, mas como isso fatalmente não acontece ou pelo menos não da maneira que deveria, nunca saio vitoriosa desse embate.
Votar nulo não considero uma saída eficiente. Acho que só prolongaria a confusão. Um golpe, talvez. Mas logo o poder transformaria o audacioso em arrogante, e o povo que o ajudou a chegar lá seria esquecido.
Não vejo uma solução.
Pessimista? Talvez.
Desiludida? Com certeza.

Uma boa tarde pra você.
Bjo!

Pan®

12 de maio de 2009 11:25
Sâmia Araújo disse...

Lindo teu texto.
Total apoio ao Euclides.

13 de maio de 2009 07:53
Lugirão disse...

Daniel, só lamento te dizer que sempre foi assim, esse apenas foi lá e disse, a maioria só pensa... Nem vou falar mais, tu sabes que evito falar desse tipo de assunto... o sangue ferve...melhor ficar calada.

Eu já votei para ti , e para a Lis, do sopros de Lis.

AH! já conheço o Euclides...

Beijão

13 de maio de 2009 14:00
Philip Rangel disse...

Tmb achu Daniel..estaria nela se achasse que teria mudanças...mas pelo contraditorio e a ampla defesa nos temos direitos de qrer ou nn mesmo passando por cima da democracia....

to votando todos os dias..entro no meu e no seu..kaopka

abraçao

13 de maio de 2009 20:12

Salve, salve Daniel Moraes...

Sempre bom....

Votei denovo e vou votando
..

Abraço a causa

Bj

14 de maio de 2009 20:13
M.e S. disse...

As pessoas são engraçadas, parece até que escolhem candidatos como se escolhe produtos em supermercado, sem pensar. Daí escolhem candidatos um de cada partido, vira essa bagunça e colocam a culpa no governo. E os políticos se candidatam apenas para ganhar mais, afinal, eles estão no luxo, a população que se exploda.
Sobre o voto nulo, me pergunto, por que não? Não perderei nada, pior do que está não fica e sem escolhas melhores, fico com o nulo.

Voltarei sempre que puder.
Abraços

15 de maio de 2009 18:17
Marcela' disse...

Sabe Daniel, nunca tinha pensado no voto nulo como modo de protesto, mas lendo seu texto, achei a ideia muuito válida! Tirei meu título de elitor e ano que vem vai ser minha primeira eleição! Vamos ver no que dá..
Baci :)

16 de maio de 2009 16:05
Sonia Pallone disse...

Oi querido, estou de volta, ainda um tanto estressada por conta da Telefônica que me deu esse "chá de cadeira", mas agora está tudo bem, consegui respirar hoje e já estou visitando os amigos. Como sempre muito bom ler e aprender com vc. Um beijo grande.

17 de maio de 2009 11:53
lugirão disse...

Daniel passando para te desejar uma boa semana.

Beijos

18 de maio de 2009 08:57