IDEOLOGIAS E AS RELAÇÕES DE PODER

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Por mais que um Dirigente de País não possa transparecer ou não tenha o costume de tomar suas decisões baseado em ideologias, ele, quanto Ser, dotado de vivência e convicções, em determinadas ocasiões ou escolhas, usa o víeis ideológico o que faz com que o mesmo tome decisões descabidas e errôneas.

Podemos usar como exemplo as decisões “diplomáticas” do Governo Lula em apoiar pseudo-governantes mundo a fora. O Sapo Barbudo nunca escondeu de ninguém sua admiração por Hugo Chaves, sendo até “garoto propagando” da campanha Chavista a reeleição. Agora, vamos a uma análise: Roraima é fronteira com a Venezuela, e podemos ter a dimensão exata da desastrosa administração de Hugo Chaves.

A Venezuela sustenta sua “economia” única e exclusivamente do petróleo que exporta. Em Santa Helena do Airen, que faz divisa com Pacaraima, podemos identificar com clareza a decadência daquele País. Chaves deu um golpe de estado usando a própria democracia; a partir de plebiscito, colocou sob seu julgo o judiciário (ele indica apenas aqueles “juízes” que estão obrigados a não receber nenhum tipo de denuncia ou algo contra o Estado. Quem o fizer, é retirado do cargo) e por causa das suas manobras, a oposição resolveu não mais participar das eleições, o que resultou em 100% da ocupação das cadeiras do Congresso Venezuelano. A conclusão que chegamos, é que houve um “golpe branco”, um verdadeiro atentado contra as instituições daquele país, e é aonde pergunto: cadê o Governo Brasileiro que não protestou e se opôs contra essa ditadura branca?

O Brasil é o principal patrocinador da entrada da Venezuela no Mercosul, sendo que Chaves nunca escondeu de ninguém que quer se tornar o principal expoente político do continente. Hugo Chaves “adotou” Evo Morales, que fez algo parecido em seu País, mas não logrou os mesmo êxitos do lunático Venezuelano.

Lula agora “acolhe" o Presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya. Este quis imitar a dupla dinâmica citada acima, usando a democracia para se perpetuar no poder, em detrimento do Povo Hondurenho.

O papel do País nestes casos é patético! (para ficar no mínimo). As Instituições Democráticas devem ser respeitadas, e esses pseudo-governantes não devem ser apoiados em suas maluquices. É lógico que a situação de Honduras merece de toda a comunidade internacional uma atenção maior, pois também não se pode tirar um projeto de ditador e manter outros, a democracia lá deve ser restabelecida, entretanto, Lula quanto Chefe de Estado não pode “comprar brigas” levando em conta sua posição ideológica, inda mais que nesse caso, nem isso justifica o posicionamento do Governo Brasileiro.

EXTRA:

Postei meu manifesto pró voto nulo no Só Pensando. Fiz isso, pois percebi que no programinha de registro de visitas, há muita procura pelo assunto não só por aqueles que pesquisam pelo Google, mas pessoas que freqüentam este espaço. Fiquem a vontade para emitirem a sua opinião sobre o assunto.

Comments

12 Responses to “IDEOLOGIAS E AS RELAÇÕES DE PODER”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Neto disse...

Falou tudo e mais um pouco.

O papel deste país é mesmo patético quando o assunto é política externa com os países da América Latina. Lula condena o golpe em Honduras mas abraça e alisa o ditador Hugo Chávez.

A ideia de líder da América Latina para um país como o Brasil e esta 'política do consenso' de Lula é altamente prejudicial para nós. Não se pode querer crédito no mercado internacional ou mesmo uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU como quer o presidente apoiando gente como Chávez.

Fico pensando que tipo de economia e moeda seria essa dessa parceria UnaSul...

Abraços
Amanhã é meu dia e estarei lá no SóPensando

18 de agosto de 2009 15:35
Renata Rocha disse...

Estou pensando seriamente em construir um loteamento na lua e convidar apenas pessoas bacanas para morarem ali... anima?

18 de agosto de 2009 21:37
Sonia Pallone disse...

Oi Daniel, vc tem o dom da palavra. Bom te ler, sempre. Beijos.

19 de agosto de 2009 08:31
. fina flor . disse...

não suporto os que partem do princípio de que os fins justificam os meios, querido e estes, citados por você, partem =/

beijos,

MM.

19 de agosto de 2009 09:56

Eu acho que vc deve se eleger meu caro amigo e irmão risos e risos...

Política esta em suas veias... Mas conseguir fazer a diferença é um mega desafio...o problema é este...

Bjão

19 de agosto de 2009 13:18
Solange Maia disse...

É Daniel... estou contigo !!

ninguém merece...

Beijo

20 de agosto de 2009 11:08
Edgar Borges disse...

O lance em Honduras não é tão simples. o presidente de lá queria fazer algumas reformas e a elite, aquela mesma que sempre criticamos em nosso país, não gostou e fez por onde tirá-lo. e o pior: ele apenas disse que ia pensar em fazer. nem chegou a dar um passo e foi deposto.

abraços,
Edgar
www.edgarb.blogspot.com

20 de agosto de 2009 14:34

Definitivamente o único que Chaves que gosto é o do programinha antiiiiiiiigo do SBT... e mesmo assim até esse já deu o que tinha que dar.
Rs...
Enfim, lunático é pouco pra esse cara. É maluco, desordenado, o Lula deve se tremer todinho ao ouvir dele, nós sabemos que perdemos de longe pra Venezuela se ele decide virar a maluquice dele pra cá.

Você sempre dá a cartada certa com seus textos.
Beijossssssssssss

20 de agosto de 2009 14:39
@philipsouza disse...

sempre sera assim....ate que um seja forte e coloca um basta...as vezes penso...e descordo..crucificamos demais o politico..mas ja paramos para pensar que a corrupçao começa quando deixamos de pagar uma multa de transisto que deviamos receber pela infração que cometemos ...ai oferecemos algum meio para sair disso..o policial capitalista aceita;;;bopm esse é um dos erros....

começa a partir de nos mesmo..e nao so la...

abraçao

20 de agosto de 2009 17:01

Com esses discursos, que matam qualquer um de vergonha, não se pode esperar pulso muito firme desse presidente não! Se o Brasil não abrir o olho, vai ser engolido pelos vizinhos fácil.

até mais.

Jota Cê

20 de agosto de 2009 18:29
Jairo Souza disse...

Ah Daniel, falar de Lula até cansa! Eu o acho o desastre em pessoa, tá pintando um Brasil mt boa praça e conformista lá fora, o que apesar de ser bonitinho pode ser prejudicial! Abçs Daniel! ps.: tem PT e Lula lá no Ivvvl tbm! Abçs!

21 de agosto de 2009 00:26
Lugirão disse...

Daniel, estou de volta... estava com saudade dos amigos, depois volto para ler tudo o que perdi.

Bom fim de semana.

21 de agosto de 2009 16:29