segunda-feira, 8 de junho de 2009


“Branca – ... O mais importante é que eu sinto a presença de Deus em todas as coisa que me dão prazer... Deus deve passar muito mais tempo na minha roça, entre as minhas cabras e o canavial batido pelo sol e pelo vento, do que nos corredores sombrios do Colégio dos Jesuítas.

Deus deve estar onde há mais claridade, penso eu. E deve gostar de ver suas criaturas livres como Ele as fez, usando e gozando essa liberdade, porque foi assim que nasceram e assim devem viver”.

Trecho da Peça de Teatro de Dias Gomes, “O Santo Inquérito".

Comments

8 Responses to “ ”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Iara disse...

Liberdade é muito conceitual.
Cada um leva pra si e deus toma conta de tudo.

9 de junho de 2009 04:31

Daniel,

Você acredita em Deus?

Beijos

9 de junho de 2009 16:15
Lugirão disse...

Daniel o que sempre ouço dizer:

Deus é onipresente.


Passando para te desejar uma boa semana.

Beijos

9 de junho de 2009 17:00

Daniel,

Ok. Nesta estamos de acordo. Também não acredito no Deus das igrejas. :DD

Beijos.

9 de junho de 2009 17:36
Neto disse...

Cada um pensa Deus como o sente e segue, pois cada um tem um "próprio Deus" dentro de si.

[]'s

10 de junho de 2009 14:40

Adoro....

Deus é tudo e a arte em si é ele presente...

10 de junho de 2009 20:35
Mary West disse...

Eu sou, vc é...Nós somos.

11 de junho de 2009 09:20
Naty disse...

Concordo em número, gênero e grau. Deus esta presente em todas as coisas livres da natureza.

11 de junho de 2009 19:37